Renda | Tecnologias Sociais | Transforma! - Rede de Tecnologias Sociais

Renda

Renda

Transformação Da Pele De Peixe Em Couro

Leocilia Oliveira da Léo Silva

A tecnologia social de transformação da pele de peixe "in natura" em couro obtém um produto comercial com alto valor agregado que pode ser vendido diretamente no mercado de couro ou utilizado como matéria-prima para diversas finalidades, inclusive confecção de roupas e artesanato em geral.

Temas: Renda Meio ambiente Ver mais

Tratamento E Destinação Correta De Lixo Eletrônico

ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL PROGRAMANDO O FUTURO

O Brasil é o mercado emergente que anualmente gera o maior volume mundial de lixo eletroeletrônico per capita, com 0,5 quilo por habitante. E é na Estação de Metarreciclagem desenvolvido pela PROGRAMANDO O FUTURO que a população, empresas e órgãos públicos podem descartar qualquer tipo de equipamentos ou resíduo eletroeletrônico. Após serem recebidos e catalogados os equipamentos são desmontados e separados por tipo de resíduo. Geralmente são 17 os tipos de resíduos, em especial as placas de circuito impresso, o plástico, o ferro, o alumínio e o cobre.

Temas: Meio ambiente Renda Ver mais

Trupe Circus - Jovens Circenses Ensinando E Aprendendo Um Mundo Melhor

Grande Circo Arraial

Esta tecnologia social busca contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos jovens das periferias urbanas do país, incentivando sua participação na resolução de problemas sociais através de debates para proposição e acompanhamento de políticas públicas para a juventude.

Temas: Educação Renda Ver mais

Turismo De Base Comunitária - Experiências Na Cidade De Guarujá

Prefeitura Municipal de Guarujá

O TBC em Guarujá foi iniciado em 2010, nas comunidades tradicionais caiçaras. Abrangendo desde a formação de profissionais de turismo ecológico à promulgação de Lei Municipal que regulamenta a visitação nas áreas naturais, englobando estímulo à comercialização dos produtos e institucionalização.

Temas: Renda Educação Ver mais

Turismo De Base Comunitária: Melhorando Vidas E Preservando O Meio Ambiente

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM)

O turismo de base comunitária da Pousada Uacari iniciou em 1998 como uma alternativa de renda para comunidades de uma região da Reserva Mamirauá. Os principais objetivos dessa tecnologia social são a geração de benefícios econômicos, a promoção do desenvolvimento social dos moradores e a conservação do meio ambiente. A gestão da Pousada Uacari é compartilhada entre o Instituto Mamirauá e uma associação comunitária, AAGEMAM, responsável por grande parte dos processos internos e de tomadas de decisão. Ao longo desses 20 anos, a Pousada se tornou uma importante fonte de renda de forma sustentável. As comunidades irão assumir a propriedade e gestão em poucos anos.

Temas: Meio ambiente Renda Ver mais

Turismo De Observação De Vida Silvestre Promovendo Desenvolvimento Local E Preservação Ambiental

INSTITUTO SUSTENTAR DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

A tecnologia é composta por atividades de Turismo Sustentável de Observação de Vida Silvestre, como estratégia de preservação ambiental, inclusão social e geração de emprego e renda. O Instituto Sustentar introduziu essa tecnologia em Cáceres/MT, em 2013, c/ o Projeto Bichos do Pantanal - PBP, que atuou p/ o desenvolvimento do município e áreas do entorno, c/ a capacitação de mais de 40 guias (taxonomia, aulas de inglês e orientação profissional) e a cadeia produtiva do turismo c/plano de negócios, marketing, treinamento etc.Foi estabelecida uma Rede de Cooperação que integrou e promoveu intercâmbios de conhecimentos e práticas e capacitação p/ atendimento turistas internacionais e nacio

Temas: Meio ambiente Renda Ver mais

Unidade Produtiva De Sabão Ecológico Verde Vida

Instituto Verde Vida

A Unidade Produtiva de Sabão Ecológico Verde Vida é uma iniciativa de geração de renda e Economia Solidaria do Instituto Verde Vida, organização sem fins lucrativos com atuação na região da Bacia do Rio Aribiri em Vila Velha/ES. O produto desenvolvido no Grupo Produtivo, nos moldes da economia solidária, é o sabão ecológico, que é produzido através da reciclagem do óleo residual de fritura (ORF), coletado pelos moradores da região. O Grupo Produtivo é composto por membros da comunidade, com produção assistida por um químico do IFES e autogerido pelo próprio grupo. A iniciativa propõe formação social e técnica continuada.

Temas: Renda Meio ambiente Ver mais

Universidade Das Culturas

Associação Coletivo Cultural

A Universidade das Culturas é um conjunto de iniciativas que conecta pesquisadores, grupos, coletivos, universidades, pontos de cultura e agentes culturais, que configura uma Universidade Livre das Culturas. O objetivo é articular em rede projetos no campo da formação cultural. Para isso, a UniCult parte do entendimento de que existem diversas metodologias de formação, legítimas, autônomas e reconhecidas culturalmente, empíricas e teóricas, ancestrais e contemporâneas, urbanas e rurais, que vão além de uma concepção tradicional da escola baseada no confinamento e na fragmentação do conhecimento.

Temas: Educação Renda Ver mais

Utilização Do Bambu Para A Inclusão Socioprodutiva Em Um Assentamento Rural

Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

O presente projeto insere-se no “Projeto Bambu” já consolidado na Unesp de Bauru. Com aproximadamente 20 anos atua desenvolvendo estudos e pesquisas sobre o material e na extensão com a comunidade através da transferência de informações. O projeto atua no desenvolvimento e aprimoramento da tecnologia de utilização do bambu para confecção de produtos e na transferência do conhecimento para um grupo de assentados, visando sua capacitação na cadeia produtiva, a fixação ao campo, a geração de renda através do desenvolvimento sustentável. Para seu desenvolvimento local, foram efetuados o plantio local de espécies de interesse e a instalação de uma unidade de produção para manufatura de pro

Temas: Renda Educação Ver mais

Valorização Uso E Conservação De Frutas Nativas

CETAP - Centro de Tecnologias Alternativas Populares

Esta tecnologia se estrutura em 3 etapas, as quais são implementadas e desenvolvidas de forma articulada. primeira etapa ´- implantação de unidades comunitárias de coleta e pré-processamento de frutas nativas junto as comunidades rurais as quais permitem as famílias as condições de colheita sanitização e estocagem destas frutas. segunda etapa - consiste no processamento destas frutas o qual é feito por agroindústrias regionais, ou seja as agroindústrias recebem frutas das diferentes unidades comunitárias, a terceira eta consiste na comercialização dos produtos resultantes deste processo. Esta metodologia de trabalho vem sendo desenvolvida pelo CETAP desde o ano de 2000.

Temas: Meio ambiente Renda Ver mais

Fale Conosco