Renda

Renda

Gente Da Maré: Melhorando As Condições De Vida Das Marisqueiras Do Nordeste

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO

O Projeto Gente da Maré (GDM), financiado pela Agência Canadense de Cooperação Internacional com contrapartida do Ministério da Pesca e Aquicultura e do Programa de Desenvolvimento de Comunidades Costeiras (FAO/DCC), foi executado pela Organização Não-Governamental World Fisheries Trust com o apoio de instituições e Universidades brasileiras. O GDM teve como objetivos principais melhorar a qualidade de vida de marisqueiras familiares no Nordeste brasileiro, além de apoiar o desenvolvimento de atividades de pesquisa e extensão. Foram envolvidas mais de 1.300 mulheres do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Bahia. Durante o projeto foram criadas duas redes produtivas comunitárias.

Temas: Renda Meio ambiente Ver mais

Gestão Compartilhada Dos Recursos Pesqueiros

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM)

O gerenciamento dos recursos pesqueiros por meio do manejo participativo une conhecimento tradicional e científico na prática da gestão do manejo nos sistemas de lagos. A atividade é assessorada pelo Programa de Pesca do Instituto Mamirauá. Para realizar o manejo os usuários estabelecem normas de uso, restrições de acesso e ações de proteção que promovem o uso sustentável do recurso e a melhoria da renda das famílias. Os pescadores participam de capacitações, contagem dos estoques, protegem os corpos d’água, pescam e comercializam sua produção. A partir do resultado das contagens pescam, no máximo, 30% dos adultos, deixando os 70% restantes para assegurar a reprodução da espécie.

Temas: Meio ambiente Renda Ver mais

Grupos De Consumo Responsável - Gcr

O Instituto Kairós – Ética e Atuação Responsável

Os Grupos de Consumo Responsável são uma iniciativa de consumidores organizados que viabiliza o consumo de produtos orgânicos e agroecológicos a preços acessíveis, estabelecendo uma nova relação de compra e venda com os agricultores familiares e consumidores, estimulando a proximidade entre estes dois atores, fortalecendo os circuitos curtos de comercialização. Seus relacionamentos internos e externos, estão baseados nos princípios da Economia Solidária e do Comércio Justo e Solidário, como a transparência de preços e a autogestão. Esta é uma das formas de valorizar e fortalecer a produção familiar orgânica e agroecológica, pois abre uma nova possibilidade de mercado aos agricultores.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Fale Conosco