Alimentação | Tecnologias Sociais | Transforma! - Rede de Tecnologias Sociais

Alimentação

Alimentação

Campo Ativo

Centro de Assessoria e Apoio aos Trabalhadores e Instituições Não Governamentais Alternativas

Estimular processos alternativos de assessoria técnica, com base na agroecologia e convivência com o semiárido brasileiro, para famílias agricultoras.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Casa De Farinha Construída De Barro

Elementos da Natureza

A farinha de mandioca é a base alimentar de populações tradicionais em todo o território brasileiro e as casas de farinha são as estruturas presentes em todo o país. No litoral de São Paulo, as casas de farinha são construídas com barro e as comunidades caiçaras foram responsáveis pela manutenção desta tecnologia. Atualmente, o feitio da farinha está rareando, e com isso estão desaparecendo as casas de farinha. A tecnologia social proposta é uma versão moderna das casas de farinha, que destaque o conhecimento tradicional, aliado a técnicas modernas. Desta forma, promova a segurança alimentar, o conhecimento tradicional, a transmissão de conhecimentos entre gerações e a resistência cultural.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Casa De Farinha Móvel

INSTITUTO SOCIO ECONOMICO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Casa da farinha móvel é uma tecnologia simples é eficaz de fácil utilização, sob sistema de deslocamento em reboque para ser puxado por veiculo utilitário com fácil deslocamento na comunidade ou região onde tenha produtores rurais envolvidos com a atividade de mandiocultura, o conjunto de equipamentos tem a capacidade média produção de até 10 a 15 sacos de 50 kg /dia, todos equipamentos para realizar o processamento da mandioca para transformação em farinha foram dimensionados para facilitar a operação sem causar esforço físico necessitando apenas de duas pessoas para realizar todas etapas: descascamento da mandioca automático com ralador elétrico, prensa com cesto manual, ralador automático e forno de torrar da farinha mecânico com sistema de paletas mexedor de farinha.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Cisterna Calçadão Para Potencialização De Quintais Produtivos

Associação Programa Um Milhão de Cisternas para o Semi-Árido

A tecnologia cisterna-calçadão consiste em um espaço de 200m2 para captação de água da chuva e reservatório com capacidade para 52mil litros e tem como finalidade armazenar água para a produção de alimentos, plantas medicinais e criação de pequenos animais potencializando os quintais produtivos.

Temas: Alimentação Recursos Hídricos Ver mais

Cisterna Chapéu Do Pe. Cícero

Associação Cristã de Base

A Cisterna Chapéu do Padre Cícero é uma tecnologia social de convivência com o semiárido desenvolvida no intuito de ampliar o acesso à água para produção de alimentos em pequenas propriedades rurais. A cisterna tem capacidade para armazenar 52 mil litros de água. Ocupa área de 80 m². Possui calçadão em formato circular, construído ao redor da cisterna. Esse conjunto: cisterna e calçadão circular assemelha- se a um chapéu. De onde surgiu o nome da tecnologia: Cisterna Chapéu do Padre Cícero. O teto da cisterna também serve como área de captação de água das chuvas, a qual escorre para seu interior através de fendas nas bordas.

Temas: Recursos Hídricos Alimentação Ver mais

Cisterna Enxurrada Para Água De Uso Na Produção De Alimento

Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

A tecnologia Cisterna Enxurrada consiste em um reservatório de água, de formato cilíndrico, com capacidade para 52 mil litros, provida de decantadores, e tem sua estrutura fundamentada no uso de placas de areia e cimento. A água das chuvas é captada num terreiro, estrada ou córrego, passa pelo decantador que nada mais é do que uma caixa de retenção de sedimentos, adentra a cisterna por meio de canos, e destina-se ao uso na produção de alimentos através do cultivo de hortas, pomares, plantas meidicinais, e criação de animais de pequeno porte, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional de famílias no Semiárido brasileiro.

Temas: Recursos Hídricos Alimentação Ver mais

Cliquealimentos.com.br - Doação De Alimentos Pela Internet

Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul

Uma moderna tecnologia desenvolvida na internet. De um lado, o internauta acessa o site cliquealimentos.com.br e concretiza a doação de 1 kg de alimento com apenas um clique, gratuitamente; de outro, uma empresa parceira patrocina a doação. Em 10 anos, a tecnologia doou 7.000.000 Kg para mais de 900 entidades.

Temas: Alimentação Saúde Ver mais

Coleção Educação E Relações Raciais: Apostando Na Participação Da Comunidade

Ação Educativa – Assessoria, Pesquisa e Informação

A Coleção Educação e Relações Raciais: apostando na participação da comunidade escolar tem por objetivo contribuir para que as escolas desenvolvam um processo de autoavaliação participativa sobre a implementação da lei 10.639, ampliem a roda de pessoas e coletivos envolvidos com a superação do racismo e de outras discriminações e construam um plano de ação estratégica que gere transformações efetivas no cotidiano escolar.A proposta também visa reconhecer, potencializar e articular ações já desenvolvidas por escolas, secretarias de educação, universidades e grupos e organizações da sociedade civil destinadas a promover uma educação antirracista e não discriminatória.

Temas: Alimentação Educação Ver mais

Colostro Bovino: A Redescoberta De Um Alimento Humano Funcional E Nutracêutico

Emater (RS) - Regional Pelotas

Aproveitamento do colostro bovino na alimentação humana. Alimento de alto valor nutricional desprezado no Brasil devido a uma proibição equivocada do consumo humano na legislação Brasileira desde 1952. O colostro é produzido pela vaca por 5 dias em volume superior ao que o bezerro pode consumir sendo o excedente, (media de 50 litros) era jogado no lixo. Descobrimos que o colostro é utilizado no mundo inteiro como alimento funcional e nutracêutico, suplemento alimentar e medicamento. Assim, começamos o trabalho de estudar, divulgar e apresentar formas de utilizar este valioso alimento. Paralelo a isso trabalhamos politicamente na mudança da legislação brasileira que ocorreu em 29/03/2017. O trabalho tem continuado, divulgando alimentos produzidos com colostro em eventos, exposições, fazendo palestras, participando de seminários. Este ano surgiu o interesse de um grupo de alimentos do Rio Grande do Sul em produzir colostro em Pó para uso humano.As tratativas junto a ANVISA e MAPA estão em andamento..

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Comércio Ribeirinho Da Cidadania E Solidário

Associação dos Produtores Rurais de Carauari (ASPROC)

O arranjo em torno da produção e comercialização do ribeirinho – indivíduo que produz, vende, compra e troca o que precisa para viver, sem explorar ou ser explorado – requer uma rede de cooperação autogestionária, justa e solidária que viabilize a geração de renda na comunidade.

Temas: Renda Alimentação Ver mais

Fale Conosco