Alimentação

Alimentação

Casa De Farinha Móvel

INSTITUTO SOCIO ECONOMICO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Casa da farinha móvel de fácil sob sistema de locamento em reboque para ser puxado por veiculo utilitário com fácil deslocamento na comunidade ou região onde tenha produtores rurais envolvidos com a atividade, com capacidade média produção de até 08 sacos de 50 kg /dia, todos equiparamentos para realizar o processamento da mandioca para transformação em farinha foram dimensionados para facilitar a operação sem causar esforço físico necessitando apenas de duas pessoas para realizar todas etapas: descascamento da mandioca automático com ralador elétrico, prensa com cesto manual, ralador automático e forno de torrar da farinha mecânico com sistema de paletas mexedor de farinha.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Cisterna Calçadão Para Potencialização De Quintais Produtivos

Associação Programa Um Milhão de Cisternas para o Semi-Árido

A tecnologia cisterna-calçadão consiste em um espaço de 200m2 para captação de água da chuva e reservatório com capacidade para 52mil litros e tem como finalidade armazenar água para a produção de alimentos, plantas medicinais e criação de pequenos animais potencializando os quintais produtivos.

Temas: Alimentação Recursos Hídricos Ver mais

Cisterna Chapéu Do Pe. Cícero

Associação Cristã de Base

É uma cisterna com capacidade de estocar 52 mil litros de água. Ligada a um calçadão circular, que somado ao seu teto obtém-se 80 m², serve como área de captação da água das chuvas que escorre para seu interior através de fendas nas bordas. Utiliza-se bomba elétrica para retirar a água e usa-lá.

Temas: Recursos Hídricos Alimentação Ver mais

Cisterna Enxurrada Para Água De Uso Na Produção De Alimento

Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada

A tecnologia Cisterna Enxurrada consiste em um reservatório de água, de formato cilíndrico, com capacidade para 52 mil litros, provida de decantadores, e tem sua estrutura fundamentada no uso de placas de areia e cimento. A água das chuvas é captada num terreiro, estrada ou córrego, passa pelo decantador que nada mais é do que uma caixa de retenção de sedimentos, adentra a cisterna por meio de canos, e destina-se ao uso na produção de alimentos através do cultivo de hortas, pomares, plantas meidicinais, e criação de animais de pequeno porte, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional de famílias no Semiárido brasileiro.

Temas: Recursos Hídricos Alimentação Ver mais

Cliquealimentos.com.br - Doação De Alimentos Pela Internet

Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul

Uma moderna tecnologia desenvolvida na internet. De um lado, o internauta acessa o site cliquealimentos.com.br e concretiza a doação de 1 kg de alimento com apenas um clique, gratuitamente; de outro, uma empresa parceira patrocina a doação. Em 10 anos, a tecnologia doou 7.000.000 Kg para mais de 900 entidades.

Temas: Alimentação Saúde Ver mais

Coleção Educação E Relações Raciais: Apostando Na Participação Da Comunidade

Ação Educativa – Assessoria, Pesquisa e Informação

A Coleção Educação e Relações Raciais: apostando na participação da comunidade escolar tem por objetivo contribuir para que as escolas desenvolvam um processo de autoavaliação participativa sobre a implementação da lei 10.639, ampliem a roda de pessoas e coletivos envolvidos com a superação do racismo e de outras discriminações e construam um plano de ação estratégica que gere transformações efetivas no cotidiano escolar.A proposta também visa reconhecer, potencializar e articular ações já desenvolvidas por escolas, secretarias de educação, universidades e grupos e organizações da sociedade civil destinadas a promover uma educação antirracista e não discriminatória.

Temas: Educação Alimentação Ver mais

Colostro Bovino: A Redescoberta De Um Alimento Humano Funcional E Nutracêutico

Emater (RS) - Regional Pelotas

Aproveitamento do colostro bovino na alimentação humana. Alimento de alto valor nutricional desprezado no Brasil devido a uma proibição equivocada do consumo humano na legislação Brasileira desde 1952. O colostro é produzido pela vaca por 5 dias em volume superior ao que o bezerro pode consumir sendo o excedente, (media de 50 litros) era jogado no lixo. Descobrimos que o colostro é utilizado no mundo inteiro como alimento funcional e nutracêutico, suplemento alimentar e medicamento. Assim, começamos o trabalho de estudar, divulgar e apresentar formas de utilizar este valioso alimento. Paralelo a isso trabalhamos politicamente na mudança da legislação brasileira que ocorreu em 29/03/2017. O trabalho tem continuado, divulgando alimentos produzidos com colostro em eventos, exposições, fazendo palestras, participando de seminários. Este ano surgiu o interesse de um grupo de alimentos do Rio Grande do Sul em produzir colostro em Pó para uso humano.As tratativas junto a ANVISA e MAPA estão em andamento..

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Comércio Ribeirinho Da Cidadania E Solidário

Associação dos Produtores Rurais de Carauari (ASPROC)

O arranjo em torno da produção e comercialização do ribeirinho – indivíduo que produz, vende, compra e troca o que precisa para viver, sem explorar ou ser explorado – requer uma rede de cooperação autogestionária, justa e solidária que viabilize a geração de renda na comunidade.

Temas: Renda Alimentação Ver mais

Compras Públicas No Território Indígenas Maias-Ch'orti (Guatemala)

Asociación para el Desarrollo Integral de Productores del Área Ch' orti'

A iniciativa se apresenta como uma resposta territorial para a população local melhorar sua qualidade de vida. Conceitualmente, o modelo visa a implementação de ações integrais para o desenvolvimento econômico local. Seu propósito é aumentar a renda das famílias e comunidades, ligando a produtividade agrícola com as compras públicas de escolas públicas da região de Ch'orti. A participação das mulheres é priorizada gerando capacitação e participação para garantir o bem estar dos indivíduos e da comunidade.

Temas: Alimentação Educação Ver mais

Construindo Feiras De Base Agroecológica-Cultural

Universiade Federal do Piaui

A TS construção de feiras de base agroecológica-cultural articula iniciativas institucional/comunitárias para viabilizar a comercialização de produtos da agricultura sustentável e da arte/artesanato do município, cuidando em realçar a dimensão política, cultural, educativa e formativa da Agroecologia. Adota o pensamento complexo; metodologias horizontais de trabalho; diálogos com rurais e urbanos, com artesãs e artistas; instituições; com experts de cada área. Constitui equipes de alunos e docentes objetivando consolidar vias para a segurança alimentar, visibilidade da arte/artesanato, empoderamento de mulheres, melhoria da renda e dos cuidados ambientais.

Temas: Alimentação Renda Ver mais

Fale Conosco