Tecnologia Social De Formação De Agentes De Inovação Socioambiental (Ts - Agis)

por UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
Certificada 2019

Resumo

A Formação de Agentes de Inovação Socioambiental coloca em interação os saberes dos agricultores, pesquisadores, estudantes e extensionistas acerca das inovações sociotécnicas e do uso e gestão dos recursos (naturais, produtivos, culturais, técnicos, econômicos e sociopolíticos). Apoiada na cartografia social, em métodos participativos e na construção interdisciplinar do conhecimento agroecológico, reforçando as competências locais. A TS tem promovido o intercâmbio de experiências ancoradas no saber-fazer agroecológico em torno da produção orgânica e da segurança alimentar onde a geração de novidades sociotécnicas e aprendizagens territoriais ocupam lugar de destaque.

Ver mais



Anexos

  • Relatório Técnico referente a dimensão prática da intervenção social- 2° Estágio Interdisciplinar de Vivência Socioagroambiental
  • Relatório Técnico referente a dimensão prática da intervenção social- 2° Estágio Interdisciplinar de Vivência Socioagroambiental
  • Relatório Técnico referente a dimensão prática da intervenção social- 2° Estágio Interdisciplinar de Vivência Socioagroambiental
  • Relatório Técnico referente a dimensão prática da intervenção social- 2° Estágio Interdisciplinar de Vivência Socioagroambiental
  • Material para o Encontro da (TASIA). Exercício da Ecologia das Mentes e dos Saberes envolvendo os diversos atores
  • Material para o Encontro da (TASIA). Exercício da Ecologia das Mentes e dos Saberes envolvendo agriculotres, docentes, discentes e outros atores
  • Material para o Encontro da (TASIA). Dialógo crítico-reflexivo envolvendo agriculotres, lideranças, docentes, discentes e demais atores
  • Material para o Encontro da (TASIA). Dialógo crítico-reflexivo envolvendo agriculotres, lideranças, docentes, discentes e demais atores
  • Exemplo do Mapeamento Participativo
  • Tecnologia adaptada apresentada como alternativa à falta de água potável. Inovação sociotécnica desenvolvida no diálogo de saberes
  • Cartografia e descrição de inovações em fichas agroecológicas: prensa para a produção de farinha, café do cacau e creme da casca do bacuri
  • Sistematizando e reafirmando saberes locais: a produção do mertiolate caseiro
  • Saberes agroecológicos em torno da relação saúde - natureza
  • Tecnologia adaptada: inovação sociotécnica em sistema de irrigação com garrafas pets
  • As concheiras de Maracapucu. Visibilidade e reconhecimento do trabalho das mulheres para a geração de renda
  • Refletindo Sistemas Agroalimentares: instrumento de reflexão para o debate sobre segurança alimentar
  • Refletindo Sistemas Agroalimentares: instrumento de reflexão para as comunidades sobre segurança alimentar
  • Instrumento pedagógico para uso nas escolas rurais. Acompanha o jogo da memória
  • Segurança alimentar: Instrumento pedagógico para uso nas escolas rurais
  • Compreendendo a diversidade territorial: sistematização das relações mercantis em torno da produção do açaí
  • Aprendendo a diversidade socioterritorial: os modos de vida dos pescadores
  • Intrumento de Intervenção-Inovação Socioambiental para a melhor gestão dos recursos naturais
  • A pesca de borqueio: um atributo territorial em busca do reconhecimento como patrimônio imaterial
  • Reafirmando o saber das mulheres quilombolas: o canto da simbolada, um atributo territorial e patrimônio cultural
  • Reafirmando saberes históricos-culturais: as ladainhas como patrimônio cultural e atributo do território

Locais de Implantação



Responsáveis



UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

(91) 3201-8871
numa@ufpa.br

Rua Augusto Corrêa, 01

GUAMÁ

Belém/ PA


Comentários

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

(91) 3201-8871
numa@ufpa.br

Rua Augusto Corrêa, 01

GUAMÁ

Belém/ PA


Responsáveis



Fale Conosco