Maravaia Da Aprendizagem

por Fundação Tocaia
Certificada 2013

Resumo

Maravalha segundo o dicionário da língua portuguesa é um substantivo feminino que significa pedacinho de madeira usado para atear ou acender fogo, graveto, garrancho, acendalha, apara ou lascas de madeira, que sozinhos quebram facilmente, mas que se reunidos se tornam difíceis de quebrar. Maravaia, pronúncia nordestina, tem o sentido do provérbio popular “a união faz a força”. Maravaia é a tecnologia social utilizada pela Fundação Tocaia para falar da estética metodológica de organização e fortalecimento de Redes de Coletivos de Educação - Cultura - Meio Ambiente - Saúde - Economia Solidária e Criativa - Direitos Humanos. Maravaia visa o protagonismo, a autonomia e o empoderamento social de jovens e mulheres em situação de vulnerabilidade social para a gestão compartilhada e a sustentabilidade do Território TransXingu. Construída por artistas e educadoras populares da Fundação Tocaia junto às comunidades de agricultores familiares, pescadores, ribeirinhos, extrativistas, indígenas e quilombolas durante os eventos educativos promovidos pela Fundação Tocaia, a Maravaia define a arte como principal instrumento para o diálogo, a informação e a formação e propõe traduzir linguagens técnicas e científicas em linguagens acessíveis. Materializando essa prática pedagógica com o Coletivo de Educadores, Artistas e Mulheres, dentre suas principais experiências, a Maravaia completa em 2019 seus 21 anos de existência. Alguns princípios adotados pela Maravaia demonstram o seu potencial de replicabilidade, dentre os principais podemos citar: a Roda, a Gestão Compartilhada, o Diálogo, a Valorização da Identidade/Diversidade, a Valorização dos saberes independente da escolaridade e da área de conhecimento, o Protagonismo, autonomia e o empoderamento social, e a Construção Contínua do Projeto Político Pedagógico. A iniciativa da Maravaia da Aprendizagem, que começa em caráter experimental em 1998 até 2008, contou inicialmente com a parceria do IBAMA, Fundação Carlos Gomes, Instituto de Artes do Pará, Prefeituras de Altamira, Brasil Novo, Uruará, Vitória do Xingu, Souzel, Anapu e Pacajá, Movimento de Mulheres da Transamazônica e Xingu, Coletivo de Música da TransXingu, Coletivo de Arte-educadores, Casa Familiar Rural, Universidade Estadual do Pará (UEPA), Universidade Federal do Pará (UFPA), Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Altamira(SEMAT), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA), Diretoria de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e Ministério da Cultura (MinC).

Ver mais



Anexos

  • Perfil da Equipe
  • Ação do ColeMúsica da TransXingu
  • A Cia fazendo Maravaia
  • Maravaia com os arte-educadores
  • Histórico do Coletivo de Música
  • Histórico da Tocaia
  • Continuação do Histórico
  • Relatorio Resumo - Encontro de Saude Integral.pdf
  • Folder Seminario Regional.pdf
  • CARTILHA MULHER.pdf
  • Folder Encontro de Saude das Mulheres.pdf
  • Folder Encontro Regional 2017.pdf
  • Folder Mulheres Encontro Regional 2016.pdf
  • SLIDE Economia solidaria.pdf
  • Encontro Regional Coletivo de Mulheres do Xingu 2017.wmv
  • Slide 2014 - 2015.wmv
  • Folder Saude Integral Cuidado e Auto Cuidado.pdf
  • Folder Saude Integral Cuidado e Auto Cuidado - Modulo II.pdf
  • Folder Saude Integral Cuidado e Auto Cuidado - Modulo III.pdf
  • Relatorio Resumo - Encontro de Saude Integral(1).pdf
  • Folha de Sala Exposicao Xingu de Artes Visuais-CONVITE.pdf
  • Centro Cultural Francisco Melo - CONVITE VIRTUAL.pdf
  • Encarte CD Roda.pdf
  • Verso Encarte CD Roda.pdf

Locais de Implantação



Responsáveis



Fundação Tocaia

(93) 3515-9089
(93) 9910-65733
funtocaia@gmail.com

R. D. Pedro I, 3265

Jardim Independente II

Altamira/ PA


Comentários

Fundação Tocaia

(93) 3515-9089
(93) 9910-65733
funtocaia@gmail.com

R. D. Pedro I, 3265

Jardim Independente II

Altamira/ PA


Responsáveis



Fale Conosco