Compartilhaí: Educação, Comunicação E Direitos! | Tecnologias Sociais | Transforma! - Rede de Tecnologias Sociais

Compartilhaí: Educação, Comunicação E Direitos!

por ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA
Certificada 2021

Resumo

Compartilhar. Palavra cada vez mais presente em nosso cotidiano e, muitas vezes, a alguns toques ou cliques de nossas mãos. Com base nesta ideia, a tecnologia social desenvolvida por meio do “Compartilhaí” foi baseada no compartilhamento: de informações, direitos e conteúdos audiovisuais e de comunicação digital a respeito dos direitos humanos de crianças e adolescentes. Dentre as ações desenvolvidas estão formações semanais em direitos humanos de crianças e adolescentes com todos os alunos matriculados e frequentando do Marista Escola Social Ecológica, em Almirante Tamandaré (PR); a criação de um grupo mobilizador com 15 educandos que passou por oficinas de linguagens midiáticas e produziu materiais de comunicação digital e audiovisuais para web. Os conteúdos produzidos tinham como objetivo divulgar canais de denúncia ou auxiliar a população em geral a identificar situações de violação de direitos de crianças e adolescentes, em especial o abuso e a exploração sexual. Além das produções audiovisuais, alunos que passaram pelas formações semanais atuaram como multiplicadores realizando blitz educativas, oficinas formativas e distribuição de material informativo em outras escolas do território. Também foi garantida a participação de adolescentes do grupo mobilizador nos espaços de formulação e controle de políticas públicas voltadas à infância e adolescência, em especial, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e o Conselho Municipal da Educação (CME). Visando envolver toda a comunidade escolar no processo formativo, foram feitas formações com pais, mães e responsáveis dos alunos; com professores e educadores da Escola a respeito da temática dos direitos humanos de crianças e adolescentes. Para ampliar a discussão junto à comunidade do território foi realizado um Fórum Infanto-juvenil, no qual foram convidados atores da área da Infância e Adolescência para discutirem o enfrentamento à violência contra meninos e meninas. Buscou-se, por meio das ações empreendidas, ampliar os espaços para a discussão da temática, utilizando das estruturas físicas através das atividades presenciais de oficinas e eventos de mobilização; mas também transpondo os muros da Escola, por meio de plataformas como o Youtube, Facebook, Instagram e WhatsApp.

Ver mais



Anexos

  • COMPARTILHAI.pdf

Locais de Implantação



Responsáveis


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

4136571762
ecologica@grupomarista.org.br

Rua Cinfrônio de Andrade, nº 200

Jardim Norte

Almirante Tamandaré/ PR


Comentários

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO E CULTURA

4136571762
ecologica@grupomarista.org.br

Rua Cinfrônio de Andrade, nº 200

Jardim Norte

Almirante Tamandaré/ PR


Responsáveis


Fale Conosco